Quais os tipos de limpeza nos dentes e quando é bom fazer?

 

 

Ter um sorriso bonito e saudável é um importante fator para autoconfiança. Afinal, quem não quer olhar no espelho e ficar feliz com o que encontrar?

Algo que devemos fazer para manter um belo sorriso saudável é uma limpeza nos dentes pelo menos uma ou duas vezes ao ano, pois, com ela, removemos placas bacterianas, tártaro e evitamos problemas como gengivite, cáries e mau hálito.

zaehne-spiegel

Assim, a limpeza tem a função de manter a saúde da boca. Ao realizar a limpeza, o dentista elimina manchas nos dentes originadas pela ingestão de alimentos e bebidas, remove tártaro e procura por cáries e infiltrações. Trata-se de um procedimento preventivo essencial para uma boca saudável.

Mas, você conhece os tipos de limpeza dental e o que muda em relação ao clareamento?

Vamos começar falando dos três tipos de limpeza:

  • a manual, também chamada de raspagem, que remove placas com o uso de curetas;
  • a feita com jatos de bicarbonato de sódio
  • e a feita com o uso de ultrassom.

Os três procedimentos são geralmente seguidos de um polimento com pasta profilática para finalização. Trata-se de um tipo de escovação feita com um motorzinho que remove o restante das placas que ficaram na superfície do dente, assim como as manchas externas.

Ao polir a superfície dos dentes, eles ficam mais lisos e menos propícios a desmineralização. Assim, o acúmulo de restos de alimentos e a formação de placas ficam mais difíceis de se formar.

Ultrassom ou Jato de Bicarbonato

Um procedimento comum dos dentistas é somar a raspagem ao uso do ultrassom ou ao do jato de bicarbonato. Isso porque os procedimentos manuais são menos agressivos às gengivas enquanto os mecânicos se tem um controle menor do jato. Contudo, a soma do processo manual com o mecânico em casos em que há um acúmulo maior de tártaro traz resultados melhores.

A limpeza dental, quando feita com frequência, promove um certo branqueamento dos dentes. Contudo, o quanto o dente pode clarear com a limpeza depende de variáveis como pré-disposição genética, o estado do tecido dental, a idade da pessoa etc.

Clareamento Luz e Gel

O branqueamento dos dentes ocorre com mais precisão, ao realizar tratamentos específicos de clareamento, que utilizam outras ferramentas e tecnologias, como luz e gel.

Enquanto a limpeza é uma ação física de remoção de impurezas dos dentes, o clareamento é uma reação química em que são aplicadas substâncias clareadoras no dente, como carbamida, peróxido de hidrogênio, dentre outras, que reagem na boca e eliminam manchas.

Existe uma gama de opções para a realização de clareamento dental, mas o mais indicado é verificar o seu caso no consultório do dentista. No mercado existe produtos que vai desde tiras branqueadoras, canetas, enxaguantes bucais, cremes dentais ou mesmo moldeiras pré-fabricadas. Mas a indicação é verificar com seu dentista, pois há casos de alergias ou machucar a gengiva ou mesmo o uso incorreto, e fazer com que manche seus dentes se fizer sozinho.

Moldeiras ou Laser

O clareamento realizado no dentista é feito com base na cor do dente do paciente e pode ser feito com o uso de moldeiras ou com laser. Geralmente, realizados após o processo de limpeza dos dentes, gerando um resultado melhor e mais duradouro.

Após realizar periodicamente a limpeza dental, vale manter uma boa rotina de escovação correta com o uso de fio dental. Dessa forma, os resultados da limpeza, com dentes mais sadios e bonitos, são prolongados. Converse com seu dentista.

 

FALE COM A TOP ODONTO

Seu nome (obrigatório)

Seu e-mail (obrigatório)

Assunto

Sua mensagem

Digite este código de segurança no campo abaixo: captcha

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *